[+]  Estabilizador  

As importantes flutuações que se produzem na rede elétrica repercutem-se num envelhecimento prematuro das cargas críticas alimentadas, inclusive em alguns casos na sua deterioração e também de serem as causadoras de um maior consumo energético.
A solução para este tipo de problemas é a utilização de estabilizadores de tensão que garantam que as cargas a ele ligadas sempre trabalharão entre umas margens que não danifiquem o equipamento nem o obriguem a trabalhar dentro dos parâmetros de funcionamento para que foi concebido.

 A Série de estabilizadores consta de um transformador de tomadas múltiplas, cada uma das quais está unida eletricamente a um interruptor de estado sólido. Estes interruptores estão comandados por uma placa de controle com um microprocessador incorporado, que controla a tensão de saída e, dependendo do seu nível, seleciona uma ou outra tomada com o fim de obter o nível de tensão e com a precisão pré-programada. Dispõe de um servo-sistema que compara a tensão de saída em lugar de controlar a tensão de entrada.

Características principais.

Potências desde 300VA até 200kVA
Monofásicos e trifásicos (controle independente)
Distorção harmônica 0 e eficiência >95%
Precisão de saída de 2%
A mais rápida regulação do mercado: 20ms
Margem de entrada de ±15% (standard). ±20% ou ±25% a pedido
By pass estático automática fase por fase (0ms de transferência)
Controlado por microprocessador com interface via contactos livres de potência

Características comerciais.

 Flexibilidade: equipamentos à medida do cliente 
 Tecnologia baseada em transformadores de alta confiabilidade
 Regulação por fase 100% independente, de série
 Proteção de by-pass estático por fase, de série
 

Aplicações.

 Periféricos: impressoras, modems, …
 Estações de satélite
 Instrumentos científicos e eletrônicas
 Processos médicos críticos
 Equipamento químico de laboratório
 Componentes eletrônicas sensíveis